A Educação Domiciliar é ruim?

A Educação Domiciliar é ruim?

Capaz de prover para a família benefícios como economia, liberdade, produtividade e muito mais, definitivamente o método homeschool é o jeito mais seguro, inteligente, eficiente e eficaz para que os pais consigam garantir para os seus filhos uma educação de qualidade e que também é livre de ideologias, de influências partidárias e coerente com as suas convicções: pedagógicas, morais, filosóficas, políticas, científicas, culturais, religiosas e sociais.

a. Estrutura do SAM-HS (Sistema Ave Maria Homeschool)

Considerando que por necessidade educacional as famílias homeschoolers ao prover a educação domiciliar dos seus filhos, precisam da devida “segurança de aprendizado”, a fim de ter certeza de que os seus educandos estão realmente aprendendo e evoluindo como precisam e de que por questões jurídicas é imperativo para os a família a respectiva “segurança legal”, especialmente quanto ao risco de não ter como provar para eventuais fiscalizadores que os seus filhos não estão na condição de “abandono intelectual”, ao planejar e desenvolver o SAM-HS (Sistema Ave Maria Homeschool), o Instituto Ave Maria Homeschool, tomou o cuidado de escolher o material didático e estruturar toda a sua metodologia levando em consideração critérios de:

cadastro;
plano pedagógico;
registro de atividades;
avaliação de aprendizagem;

….e atividades extra curriculares, como por exemplo: 

esporte,
música,
artes,

tecnologia,
empreendedorismo,
ecologia,

idiomas, intercâmbio,
socialização,
lazer

religião católica,
filantropia,
feiras, olimpíadas, etc.,

…tudo com as devidas:

avaliações,
boletins de notas,
histórico de atividades
e certificados,

 …que quando incorporados e implementados como modelo pedagógico na rotina da família, os pais, as mães e os filhos conseguem se apropriar de todos os benefícios que o revolucionário e reacionário método homeschool proporciona para que consigam repensar e reorganizar as suas vidas, a fim de ter uma existência mais inteligente, produtiva, eficaz, harmônica e Católica.

b. Liberdade educacional e disciplina:

O método proposto pelo Instituto Ave Maria Homeschool, não se trata da ideia de “escolarizar o homeschool”, nem de colocar limites a “liberdade educacional” das famílias, muito menos de deixar brechas para a prática da “libertinagem com a educação”, mesmo porque ao contrário do que muitos imaginam, em geral as famílias educadoras têm uma disciplina, um comprometimento, uma rotina de estudo e uma organização de vida estruturada de modo muito superior à maioria das famílias que educam seus filhos nas escolas físicas. Portanto, sistematizar o processo significa proporcionar para os pais um sistema completo que dê para eles os parâmetros para realizarem com clarezaprevisibilidadeuniformidadeconstância e de forma personalizada com cada filho, o método homeschool, que se praticado com inteligência e responsabilidade, conforme o material didático e os procedimentos propostos pelo SAM-HS, farão com que estes pais consigam “gerenciar”, ou seja: executarmonitorar, medirajustar e constatar que o conteúdo do cronograma diário de aulas e a evolução do aprendizado foram cumpridos por meio da aplicação das respectivas “trilhas de aprendizado, que em função da idade dos filhos, são próprias de cada etapa educacional.

Associado aos métodos e processos pedagógicos do SAM-HS, a participação complementar nas “atividades extracurriculares e de socialização do sistema de ensino homeschool do Instituto Ave Maria”, contribuirão para que ao final de um determinado período de tempo, tradicionalmente conhecido como ano letivo, as famílias colham como fruto da obra de suas próprias mãos, o real desenvolvimento humano e intelectual dos seus filhos que na maioria dos casos, por causa do vínculo afetivo entre “professor e aluno”, que neste modelo de “educação clássica” são os próprios pais com seus filhos, juntos, conseguem alcançar resultados de aprendizado, de amadurecimento e de firmeza de caráter, muito superiores aos observados nas escolas físicas onde os outros pais nunca ou raramente participam da formação pedagógica, moral, filosófica, política, cultural, científica, religiosa e social dos seus filhos.   

Assista o depoimento de uma mãe Homeschooler, Paula Souza: https://www.youtube.com/watch?v=rggpWS_oxSA

Leia mais sobre: Como Funciona o Homeschool

O Homeschooling é reconhecido pelo MEC?

O Homeschooling é reconhecido pelo MEC?

Sim, a evidência disso está numa CARTILHA que o MEC publicou em seu site no dia 26 de abril de 2021. Em uma das primeiras páginas desta cartilha, o MEC afirma que:

“A educação Domiciliar é um direito humano tanto dos pais como dos filhos”

Na mesma cartilha, o MEC também esclarece que:

“A Educação Domiciliar é a modalidade de ensino, que em todos os níveis da educação básica, é dirigido pelos próprios pais ou responsáveis legais, com vistas ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para a vida, para o exercício da cidadania e para a qualificação para o trabalho.”

Para completar este reconhecimento, o MEC se utiliza das palavras contidas no artigo 26 da Declaração Universal dos Direitos Humanos, da qual o Brasil é signatário desde 1948, que afirma o seguinte:

os pais têm prioridade de direito na escolha do gênero de educação que será ministrado aos seus filhos.

Saiba mais, agende um treinamento on-line GRÁTIS: CLIQUE AQUI.

* CLIQUE AQUI E VEJA SUPER DICAS SOBRE ESPECIALISTAS EM EDUCAÇÃO